terça-feira, 19 de setembro de 2017

Missão C(o)mprida - FFW17

Hoje passei por aqui para partilhar com vocês a minha última experiência para não usar aquele nome pesado de Trabalho. Chamo Experiência porque tudo aquilo que é feito com amor, sabedoria, tranquilidade e profissionalismo não se pode dar o simples nome de trabalho.

Funchal Fashion Weekend 2017 , 15 e 16 de Setembro a Praça encheu!


Mas na verdade eu não vi, porque estava onde realmente queria e gosto de estar, em backstage, onde me sinto feliz. Foi lá que eu trabalhei, que eu vibrei, que eu gritei… Foi lá que eu vivi este momento.
Foram dias e dias exaustivos de trabalho e coordenação, mas é compensador quando vemos as equipas começarem a chegar prontas para trabalhar.

Deu trabalho? Sim deu e muito, mas tiro o chapéu a todos aqueles que trabalharam e mostraram que é possível criar nesta área, e mesmo com arestas a serem limadas podemos perceber que a Madeira tem muito talento.

No debate que antecedeu este evento, tendo como moderador Ricardo Oliveira do Diário de Notícias da Madeira eu tive a oportunidade de falar (pois é, falei e argumentei mas acho que nem todos perceberam).
Falei que ser Produtor, Criador e/ou Manequim não é fácil, principalmente na Madeira, porque somos um meio pequeno, o mercado é limitado e os investimentos são sempre maiores. Com isto levantou-se algumas questões, algumas ideias, algumas opiniões, alguns desacordos, algumas sugestões, entre outras coisas mais… Mas acho que só quem vive e faz Moda aqui consegue compreender o amor que temos pela nossa ilha e por querer ficar por cá.

E foi este amor que levou vários “amores talentosos “ subirem á Passerelle, para além daqueles “amores” que estavam na frente que eu não vi.

Falo do amor de Sérgio Nóbrega e João Paulo do Carmo, que sonharam, correram atrás e concretizaram, apostando no talento regional, sem esquecer o amor e dedicação de Cristina Ribeiro, Sónia Estrela e Ricardo Mendes a este projecto.

Falo do amor da Cláudia Sousa, que com a sua equipa de maquilhadoras mostrou um trabalho fantástico, pormenorizado e rápido de makeup, garantindo sempre pontualidade e perfeição para todos os desfiles.

Falo do amor da Décia Brito, que com a sua equipa do Cabeleireiro Rosário & Ivanova, prepararam mais de 70 penteados por dia, sem falhas nem atrasos, para todos os criadores.


Falo do amor dos manequins, sempre disponíveis para tudo deram o seu melhor tanto em backstage como em passerelle, mesmo sabendo que a Moda para eles tem de ser vista apenas como um hobbie.


Falo do amor daqueles que trabalharam comigo… Roberto Ribeiro, Paulo Sotero, Ricardo Santos, Cristina Baptista, Estela Franco, Tatiana Marques, Joana Carolina, Leonor Brazão obrigada. Por vezes podiam não saber o que fazer, mas por amor ali estavam a dar o seu melhor com os meios que tínhamos.

Falo do amor dos bailarinos e músicos, que fizeram uma entrega total, mas em especial á Cristina Barbosa que com a sua voz fez a Praça vibrar e á Michelle Caires que com a sua leveza fez-nos apaixonar por cada movimento seu.

Falo do amor da equipa de vídeo e do Djing do evento, que trabalharam arduamente para que os criadores e o público presente e em casa pudessem admirar ainda mais este evento.

Falo do amor dos criadores e lojistas, porque esse amor vem acompanhado de tudo!
Sendo a primeira vez ou não, são eles que se apresentam, são eles que nos mostram que a Moda Regional tem muito para dar e que a Moda Regional tem tudo para estar na Moda.

Dino Gonçalves, que com a sua criatividade e espontaneidade presenteou todos os presente com um happening, aliando a nossa natureza á Moda. 



WalkingFrame, onde cada t-shirt tem a sua simbologia, a sua história, para além da verdadeira história da “simples” T-shirt. Foi o desfile que abriu o evento, as expectativas eram muitas, e apesar de estarem a subir uma passerelle pela primeira vez, fizeram a delícia de muitos que lá estavam.


Dona Hortênsia, Fantástica, contemporânea, intemporal, ao alcance de todos, mostraram uma coleção linda, cheia de padrões, cor e textura, onde todos os seus acessórios brilhavam, sem se esquecerem das suas verdadeiras origens.



Mariana Sousa com a sua Sous, levou-nos até outro mercado. Com uma coleção mista, sendo a sua estreia na apresentação da coleção masculina, o seu vestuário era cheio de personalidade, cor e detalhes, mostrando que o que é feito á mão tem um sabor e amor especial.


Nuno Gama, incontornável nome da Moda Nacional, veio até nós apresentar o seu fantástico trabalho, onde a delicadeza e subtileza das peças saltava aos nossos olhos.


Queens, mais uma estreante em Passerelle, com o seu espaço prestes a abrir ao público, apresentaram uma coleção mista muito elegante e para as mais diversas ocasiões, mostrando a personalidade destes 2 jovens empreendedores.


Ceagagê , marca de design de joalharia, subiu á passerelle com uma coleção inconfundível, onde cada peça feita á mão pela própria designer brilhava a cada passo dado em passerelle.


André Pereira, com o seu Affair, colocou o público em rodopio constante na Praça. Com uma coleção surpreendente, cheia de classe e sofisticação, trouxe-nos um espetáculo recheado de surpresas, onde a sua mensagem acabou por ser mais forte que tudo mais.


Patrícia Pinto, mais uma vez mostrou uma coleção cheia de AMOR, onde cada peça estava meticulosamente pensada e criada, onde a mistura de texturas, cor e materiais, deram vida á Passerelle de uma forma tão simples e tão grande.


Não há palavras para descrever o AMOR de cada um destes artistas, que idealizaram, experimentaram, sonharam, trabalharam e criaram para todos NOS. Orgulho-me a dizer que há Moda na Madeira, mesmo sem estarmos ainda na Moda.

Criar, produzir e concretizar não é fácil, só aqueles que ambicionam e se dedicam é que conseguem e este evento foi tudo isso. A adrenalina que senti a cada desfile que acontecia foi genuína, mas a valorização a todos eles foi mais gratificante.

Obrigada Roberto Ribeiro por ao longo destes anos teres-me mostrado que sonhar é possível concretizar e que temos muito para dar ainda na Moda Regional, porque a nossa missão ainda não está completa.

Pois é, certamente alguns nomes não estão aqui, mas é porque são tantos os Amores que foram até á Praça, que basta falar em Amor á Moda, á Arte e á Cultura que considerem-se incluídos.

Como produtora de Moda de um evento destes, só tenho a acrescentar uma pequena coisa:
A Moda só irá andar para a frente na Madeira quando estivermos assim… Todos juntos!
Missão Comprida... Cumprida! 

Beijinhos até breve 



segunda-feira, 12 de junho de 2017

O novo Ritual... Ritual do Sal

Deixando o Era uma vez para outras andanças,
hoje venho partilhar convosco mais um projecto concretizado,
Aberto todos os dias a todos os que queiram nos visitar.


Com a ideia de criar algo singular, com uma paisagem insular,
onde o som das ondas do mar e a brisa nos faz revitalizar,
Nasceu o Ritual do Sal,
O espaço perfeito para....
Um dia de praia e uma noite de luar!

Ritual do Sal,
Espaço que vos seduz,
Espaço que nos acolhe,
Espaço que nos conquista!

Com um serviço personalizado,
O Ritual do Sal proporciona aos seus clientes um menu convidativo,
Onde as tostas contemporâneas dão sabor
e as bebidas frescas alegria.

Por lá
Os dias serão longos e as noites serão mágicas...
Tudo se resume a um Ritual,
O meu, o teu e o vosso... 
RITUAL DO SAL











Para lá chegarem basta carregar aqui

Um enorme obrigada a todos os que já nos visitaram,
sem a vossa presença nada disto seria possível,
e aproveito para deixar o convite a todos os que ainda não vieram.
O Ritual do Sal está aberto a todas as idades.

Beijinhos e abraços 
Encontramo-nos no Ritual do Sal :) 

4Decor by Carsta

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Era uma vez.... Wonderland!

Quando era pequenina, passava horas e horas no meu quarto de brincar.
Agarrava-me ás minhas bonecas e com elas muitas histórias criava...
Olhava para elas e tentava retratar aquilo que eu achava que iria fazer quando "fosse grande".

Elas tinham uma família, um trabalho, uma casa...
Elas tinham sempre uma roupa para cada ocasião e o penteado acompanhava...
Tudo era mágico!


Era imaginar como seria a vida delas nesse Mundo de fantasia,
"Elas" que eu achava que seria eu um dia.

Com apenas 7 a 8 anos não sabia muito mais do que brincar,
não sabia que essa minha imaginação e fantasia onde me iria levar,
mas passados alguns anos percebi onde queria chegar!

Fechar os olhos e recordar,
As longas tardes de brincadeira, sem ter de me preocupar com o tempo a passar...

Hoje pego nestas boas e grandes memórias,
Na essência que os meus pais me passaram e tento partilhar.

Com todas estas memórias e partilhas 
Nasceu Wonderland, o projecto que me define...

Cresci... as bonecas ficaram para trás, mas os sonhos continuam vivos
Os desejos da minha infância acompanham-me,
Correr para lá.... Correr para cá... 
O tempo corre e não pára, nem damos pelo tempo passar como na infância, mas...
O dever nos chama, o dever nos obriga, mas o tempo ainda nos deixa fazer muito mais,
O tempo deixa-nos Sonhar e relembrar!


Sonhei e escrevi...WONDERLAND já está a andar.
Por lá tudo esta "retratado" numa simples viagem,
No dia a dia temos o ponto de partida... agitação, movimento, mas sempre com garra de continuar...
Quando caímos no sono profundo a viagem começa sem parar!
Cair no Mundo Tribal, fugindo para a floresta encantada...
As fadas andam, cantam e patinam...
Tentando encontrar o refúgio na Taberna esquecida...
A música, a dança, a agitação... tudo entra em rodopio!
Entramos num pesadelo ou será pura ilusão? 
Como se caíssemos no fundo do mar,
a Natureza ganha vida, luz e movimento...
A arte surge com nova forma, a pintura ganha vida,
O Mundo encantado está prestes a surgir...


Obrigada Roberto Ribeiro, por me acompanhares nestas "viagens"...
Obrigada Michelle Caires por colocares as minhas histórias a "dançar"...
Obrigada Cristina Barbosa por colocares as minhas histórias a "cantar"....
Obrigada Bailarinos por fazerem tudo isto no palco acontecer...
Obrigada família, pela infância que me deram, por tudo o que me mostraram e pela liberdade...
Recordar é mais do que viver, é criar, é ser original
Porque as memórias jamais são iguais!

Para ver, ouvir e sentir Wonderland,
é só reservar!
Todas as sextas-feiras ás 21h15 no Bahia - Casino da Madeira, onde tudo acontece.

Beijinhos

4Decor by Carsta ;) 








sexta-feira, 28 de abril de 2017

Era uma vez... Terminamos assim!

Hoje é um dia especial, 
é dia de fechar um capítulo, capítulo esse bastante importante, e dentro em breve dar as boas vindas a um novo capítulo que inicia-se a 5 de Maio.


Está a fazer um ano, que algo especial aconteceu...
A estreia do Cabaret Circus, o Show que durante 12 meses subiu ao palco da emblemática sala Bahia do Casino da Madeira.

Talvez para quem não se recorde ou não tenha tido a oportunidade de ler o primeiro artigo sobre este assunto, ainda tem a oportunidade de fazê-lo aqui!

Pois é, hoje uma certa nostalgia paira sobre mim, não sei bem explicar porquê...
Será por ser o último espectáculo?
Será por este espectáculo ter um significado especial para mim?
Será por este ter sido um velho sonho de infância que estava adormecido ter-se tornado realidade?
Acho que é tudo isto e muito mais....

Nestes meses nós trabalhamos, rimos... 
Confesso que em 12 meses peguei mais em linhas/agulhas/purpurinas 
do que nos meus 34 anos de existência. 
Terminei várias vezes com o stock de meias, esgotei outras quantas vezes o stock de strass...
Mas nunca senti a minha equipa terminada ou esgotada!

Toda a sexta-feira lá estava a equipa, com energia, boa disposição, fazendo o que mais gostam.

Ás vezes paro e penso:
Para mim idealizar, criar, produzir é tudo  o que mais gosto de fazer e sem isso não saberia viver,
Para eles dançar/cantar é tudo, é alma, corpo e coração!
Nos ficamos a observar aqueles movimentos, admirando o espectáculo e por vezes esquecendo o que é essencial... Eles, os que sobem ao palco!

Coreografa, Cantora e Bailarinos, a vocês só tenho que bater palmas e fazer-vos uma grande vénia!

No meu ouvido ainda tenho todas as músicas presentes, 
Na minha memória mantém-se coreografia a coreografia,
No meu eu, jamais será apagada a essência deste projecto.

Foram 12 meses que nos deliciamos todos com a grande satisfação dos clientes, 
com os comentários positivos e construtivos que recebemos, 
trabalhamos de forma crescente para a cada dia sermos mais e melhores.
Ver uma sala cheia a aplaudir aquilo que fazemos é a resposta a tudo!

Agradeço, mais uma vez ao meu sócio, Roberto Ribeiro, 
que jogou-se nesta aventura, confiando em mim desde o primeiro dia 
e acreditando que iríamos marcar e fazer a diferença desde o primeiro dia!

Agradeço á nossa coreografa Michelle Caires, 
que desde o primeiro dia mostrou-se disponível 24h por dia, 
trabalhando, melhorando e fazendo o que faz melhor, Dançar!

Agradeço á nossa cantora Cristina Barbosa, que muito atenta ouviu-nos 
e agarrou este projecto como se fosse dela, dando o melhor de si sempre em cima de palco.
 Voz maravilhosa!

Agradeço a todos os bailarinos desta equipa, que deram sempre tudo coreografia após coreografia:
Gonçalo Sousa, excelente bailarino, bem disposto, divertido e amigo do seu amigo;
Andreia Reis, meiguinha, tranquila e com uma enorme paixão pela dança;
Lorena Rodrigues, bailarina de sangue, despachada, prática e sempre de sorriso em palco;
Pedro Reyes, o "mestre das artes", o zen, que nos enchia de alegria com as suas anedotas;
Gilda Silva, trabalhadora, explosiva, mas esteve sempre lá, em todos os espectáculos;
Catarina Mata, a caladinha, envergonhada, que se transformava quando as cortinas abriam;
Sara Alves... Ai a Sara... A surpresa, alegre, bem disposta e com uma enorme vontade de crescer;
Leonor Pinto, o último reforço da equipa, que veio encher o palco com as suas acrobacias e magia;
Tiana Sousa, a jovem bailarina que fez por vezes parte do espectáculo dando sempre o seu melhor;
Cristina Baptista, que nunca subiu ao palco, mas com um papel fundamental em backstage. Aderecista a 100% fazia com que tudo chega-se á frente direitinho.
Leonor Brazão que perdeu horas e horas agarrada á pistola de cola quente arranjando acessórios que tinham de subir ao palco na semana seguinte.

OBRIGADA A TODOS!

É de coração CHEIO, que hoje assisto á despedida do nosso primeiro Show.
Show que fez as delícias de muitos os que la passaram, mas essencialmente de uma pessoa que me é muito especial, o meu pequeno Tim, que saia de lá cantando e dançando música atrás de música.

Mais uma vez Obrigada pai e mãe pela minha infância, pelo que me mostraram lá fora...
Acreditem ou não, foi isso que me levou a CRIAR nos dias de hoje!

Hoje contamos com vocês as 21h15 no Bahia - Casino da Madeira,
para fecharmos todos juntos este capitulo na melhor companhia, 
a do público!

4 Decor by Carsta







sábado, 25 de março de 2017

Revista Açúcar #14 - Erros a Evitar no Quarto de Dormir

Boa tarde

Hoje partilho convosco mais um artigo publicado na Revista Açúcar
do Jornal da Madeira,
desta vez dedicado ao Quarto de Dormir, 
alertando-lhe que erros deve evitar na decoração.



*****************************

O quarto de dormir é o espaço do nosso lar que exige melhor planeamento,
 porque ele precisa de ser acolhedor e agradável
 de modo a oferecer-nos umas óptimas noites de sono 
para que recarregue as nossas baterias.
Se você tem dificuldades em encontrar tudo isso no seu quarto
é que algo nele não está a funcionar, 
por isso siga as dicas seguintes para não cometer mais nenhum erro nesse espaço.

- A cor é um factor fundamental, 
por isso aconselho a optar por cores que transmitem energias relaxantes e positivas. 
Pode misturar padrões e texturas dentro da tonalidade escolhida 
e verá que o espaço torna-se mais acolhedor

- Mantenha as fotografias do seu quarto sempre actualizadas
 de modo a que estas te transmitam energias positivas 
e não te coloquem a pensar muito antes de dormir.
 As fotografias mais antigas distribua pelo resto do seu lar.

- Secretária fora do quarto de dormir 
porque ter uma zona de trabalho perto da sua cama 
significa que nunca irá desligar-se do seu trabalho na totalidade. 
Sei que muitas vezes é difícil isto acontecer devido ás dimensões dos lares, 
mas opte por arranjar um recanto na sala.

- Ter espelhos no quarto de dormir resulta, 
mas não resulta se for de grande formato, muito menos em cima da cama. 
Para muitos esta ideia torna o ambiente mais sensual 
mas para o dia a dia não resulta. 
Os espelhos activam os nossos sentidos e criam distracções, 
tudo aquilo que você menos quer na hora de dormir.

- Desordem não é possível num quarto de dormir. 
Aquela cadeira que serve para ir colocando a roupa não é uma boa estratégia, 
por isso opte por fazer tudo isso nas instalações sanitárias. 
Assim consegue ter o seu quarto impecável e com um ar apetecível.






Inspire-se e crie, lembre-se que o seu lar é o seu melhor recanto!

Obrigada pela visita e partilha.

Beijinhos

4Decor by Carsta


quarta-feira, 15 de março de 2017

Espaços pequenos, catitas e funcionais

Olá!

Hoje estou aqui para abordar um tema que muito me fascina
e quando surge na minha mesa de trabalho
é o delírio porque sei que será mais um desafio.

*Decorar um espaço pequeno*

Todos nos gostamos de aproveitar ao máximo todos os espaços que temos, 
mas quando falamos em espaços pequenos temos de ter a noção que cada centímetro é precioso
e tem de ser utilizado da melhor forma
de modo a que não prejudique o ambiente em termos funcionais e decorativos.
Existem diversas formas de o fazer,
por isso deixo-vos algumas dicas para decorar um espaço pequeno, 
sem comprometer o estilo e funcionalidade do mesmo.


*Paleta de Cores:

O primeiro ponto é a selecção cromática porque se esta não for a mais adequada
 não vale a pena seguir todas as outras dicas
 porque o resultado já não será perfeito.
A escolha cromática deve ser feita para tons mais suaves e claros 
porque dão amplitude a qualquer espaço reduzido.
A pintura das paredes e do tecto deve ser de um só tom 
porque visualmente amplia o espaço
 e por ser um tom claro irá reflectir mais luz.
Em termos de mobiliário, se seguir o mesmo conceito de tons idênticos aos das paredes
 o resultado será novamente positivo e com os mesmos efeitos, 
tornando-o em simultâneo mais harmonioso.
A introdução de cores mais fortes e contrastantes pode ser feita 
através de têxteis e outros pequenos objectos.



*Objectos:

Seja capaz de fazer uma selecção, objectos úteis e objectos inúteis. 
Elimine do espaço todos os objectos que não necessite
 e/ou que não combinem com o ambiente porque não há espaço para acolher tudo, 
muito menos coisas pouco essenciais.
O que achar que deve ficar coloque no lugar certo, 
um espaço bem organizado e estruturado torna-o mais arejado e amplo.



*Mobiliário:

Se o espaço é reduzido a escolha do mobiliário tem de ser feita com muita atenção
 de forma a que este venha favorecer o espaço e não prejudicá-lo.
A nível de assentos opte por ottomans, poufs, cadeiras sem braços
 de forma a não retirar centímetros ao espaço e abri-lo um pouco mais.
O restante mobiliário é preferível optar por poucas peças de grandes dimensões
 do que muitas peças de dimensões reduzidas. 
Se tiver mais mobiliário pequeno espalhado pelo o espaço 
este ficará com um aspecto desarrumado e confuso, 
se tiver duas peças de grande porte no espaço
 este irá transmitir a ideia de espaço arrumado e bem estruturado.
O mobiliário com bases abertas são os mais indicados para estas situações
 porque deixam o espaço respirar.
Aposte em mobiliário multi-funcional para decorar com estilo e funcionalidade, 
como por exemplo camas com arrumação sob o colchão, 
sofás-camas, bancos e mesas que abrem para revelar espaço de arrumação extra, verá que isto irá facilitar-lhe muito.
Agora, muito importante, evite dispor qualquer peça de mobiliário junto ás portas das divisões
 ou em zonas de passagem porque, para além de não ser prático, 
vai ainda apertar mais o espaço que por sua vez já é pequeno.




*Pavimentos:

Seja ele claro ou escuro, um chão visível torna qualquer divisão do lar muito maior.
Sei que a maioria das pessoas não abdicam de um bom tapete no chão da sua sala
 e/ou sala de jantar, mas nestes casos de lares pequenos 
opte por um tapete de dimensão pequena/média, 
de cor neutra e coloque-o numa parte estratégica 
de forma a ter a toda a volta pavimento á vista.



*Encastrar:

A arte de encastrar diversas peças e móveis em espaços pequenos funciona muito bem, 
cria um efeito visual interessante e organizado, 
sem retirar espaço extra, muito pelo contrário liberta-o visualmente.
Por isso se tem a possibilidade de encastrar prateleiras, estantes, armários, 
faça-o sem medo, só irá ficar a ganhar.



*Sala de Estar:

Tente aproveitar este espaço ao máximo escolhendo o mobiliário certo, 
como já referi anteriormente. 
Em vez de ter a típica mesa de centro opte por uma consola atrás do sofá 
ou uma mesa de apoio que coloca ao lado do sofá 
e se algum dia necessitar coloque-a ao centro para dar apoio. 
Aquelas mesinhas de apoio que encaixam por baixo mais 2 ou 3 
são perfeitas para estas situações.
Quanto ao sofá opte por um seccionado que irá dar um ar mais fluido e menos fechado á sala.






*Cozinha:

Numa cozinha em ponto pequeno com poucos metros quadrados 
opte por encastrar todos os electrodomésticos que conseguir, 
escolha uma mesa que possa abrir exclusivamente para as refeições,
 coloque uma barra de inox para afixar todos os utensílios que necessita 
e lembre-se que em cima da bancada só deve colocar os objectos que necessita diariamente.
Nas cozinhas pequenas é importante ter uma decoração minuciosa 
para poder cozinhar com prazer e saborear depois em grande estilo.




*Instalações Sanitárias:

Na maioria das casas e/ou apartamentos esta divisão é pequena 
mas mesmo assim podem ser decoradas, 
um pequeno apontamento pode marcar toda a diferença.
Aproveite as paredes para instalar algumas prateleiras bonitas e funcionais, 
coloque alguns quadros e/ou fotografias nas paredes 
e tenha atenção na escolha do espelho, 
esta pode ser a peça chaves do seu WC, 
se for bonito e com design.



*Quarto de dormir:

Em quartos de dormir apertados opte por camas com arrumação, 
como já mencionei anteriormente e troque as tradicionais mesas de cabeceira 
por peças mais alternativas, como cubos ou prateleiras, 
peças que deixem ver a parede ao lado da cama, 
porque isso irá criar a ilusão de amplitude 
e acaba por dar ao espaço um look mais original e apelativo.






Procure optimizar ao máximo o pequeno espaço que possui, 
se for o seu caso claro, acredite que este bem aproveitado 
pode tornar-se mais acolhedor e apelativo que qualquer outro.
Aproveite cada recanto bem aproveitado,
 por mais pequeno que lhe pareça acredite que terá alguma utilidade.

E já sabe, se precisar de mais alguma dica, conselho, orientação ou ajuda 
pode sempre contactar-me.

Obrigada por partilharem o meu blogue

4Decor by Carsta